Técnicos da Anatel têm até outubro para traçar especificações de uso dos 6 GHz


A área técnica da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) tem até o começo de outubro para definir as especificações do uso do espectro de 5,925 a 7,125 GHz por equipamentos de WiFi-6. Tal definição foi estabelecida na última reunião realizada pelo Comitê do Uso de Espectro e Órbita (CEO), em 3 de julho.

Conforme o secretário do CEO, Humberto Silva, a Superintendência de Outorga e Recursos à Prestação (SOR) deverá elaborar o documento e encaminhar ao Conselho Diretor em 90 dias a partir da data da reunião, que foi dirigida pelo presidente da Anatel e do CEO, Leonardo Euler de Morais.

PUBLICIDADE

Na reunião houve a apresentação de representantes da Dynamic Spectrum Alliance, entidade que defende o uso dos 6 GHz pelo WiFi-6, ainda que de forma não exclusiva. Também houve a participação das fabricantes de equipamentos móveis Ericsson e Huawei, e de operadoras, que defenderam o uso dos 6 GHz por redes 5G.

Natal com WiFi 6

A nova tecnologia de acesso pode alcançar velocidades de até 10 Gbps. Tudo depende da aprovação das propostas de especificações técnicas para a homologação de equipamentos pelos conselheiros da Anatel. Se isso acontecer, “As redes [com Wi-Fi 6] poderão estar em funcionamento no Natal “,  como já previu o superintendente da SOR, Vinicius Caram, ao site PontoISP.com.br.

Anterior Surf Telecom cria fábrica de MVNO
Próximos WiFi está no limite e precisa da faixa de 6 GHz, defendeu DSA em reunião na Anatel