TCL lança três modelos de smartphones de olho no mercado de baixo custo


A distribuidora Usina de Vendas anunciou hoje, 4, o lançamento de três smartphones da marca chinesa TCL ao Brasil. O TCL L5, L7 e 10 SE  podem ser adquiridos no valor de R$ 749, R$ 999, R$  2199, respectivamente. E estão disponíveis nas grandes lojas de varejo físico, e-commerce, lojas de tecnologia, operadoras de telefonia e canais corporativos.

A fabricante chinesa lança os três aparelhos mirando no mercado de entrada brasileiro, de baixo custo. Em agosto deste ano, a marca interrompeu a fabricação de BlackBerry e, desde outubro,  a Usina de Vendas assumiu a distribuição dos celulares TCL.

“A chegada destes três smartphones ainda em 2020 concretiza a força da parceria desenvolvida entre a Usina de Vendas e a TCL. Com isso, inauguramos um ciclo de lançamentos que trará diversas inovações em smartphones e tablets ao mercado brasileiro”, afirma o CEO da Usina de Vendas, Marco Antonio Palma.

Informações obre o TCL L5, L7 e 10 SE

O TCL L5 possui processador Quad-Core 1,28 GHz, sistema operacional Android Oreo Go e chipset MT6739. A potência da bateria é de 8000 mAh. A memória conta com 16 GB ROM e 1 GB RAM disponíveis. A câmera traseira dispõe de 8 MP, enquanto a frontal, de 5 MP.

O TLC L7, por sua vez, contém processador Quad-Core 1,3 GHz, sistema operacional Android 10 Go (versão mais leve do sistema operacional) e chipset QM215. O celular conta com uma bateria de 3000 mAh, e 32 GB de memória ROM e 2GB de memória RAM. As câmeras têm as mesmas configurações que o TCL L5. Diferentemente do primeiro modelo, a tela do TLC L7 é em HD.

Por fim, o modelo mais sofisticado da linha, o TCL 10 SE, dispõe de processador Octa-Core 2.0 GHz, sistema operacional Android 10 e chipset MT6762. Possui bateria de 4000 mAh. A memória ROM é 128 GB e a RAM, 4GB. O aparelho é equipado com câmeras triplas de 48MP, inteligência artificial e flash duplo de LED. O TCL 10 SE está disponível na cor azul, já os outros dois smartphones, no preto.

Os produtos receberam adaptações para para o mercado local como o incremento do conjunto de memória (ROM e RAM). Junto com o celular, está incluído um kit de vendas de capa e película de proteção. (Com assessoria de imprensa)

Anterior A digitalização deixou de ser teoria
Próximos Europa vai financiar consórcio de criação da 6G