Tarifas locais de telefonia fixa de Algar, Oi, Sercomtel e Vivo sobem até 3,86%


O conselho diretor da Anatel também aprovou ontem, 17, reajuste das tarifas de telefonia fixa das operadoras Algar Telecom, Telefônica (Vivo), Sercomtel, e Oi (Telemar). O aumento foi solicitado pelas próprias empresas, como parte de revisão anual dos preços.

Conforme a tabela abaixo, as empresa serão autorizadas a cobrar até 3,86% mais, conforme a empresa. Os reajustes valem apenas após a publicação do ato da Anatel no Diário Oficial da União, o que não tem data para acontecer. Os produtos que podem sofre aumento vão da habilitação residencial de linha à mudança de endereço.

Concessionária Reajuste máximo da cesta Local
Sercomtel 3,53%
Algar Telecom 2,12%
Telefônica 2,03%
Telemar 3,86%
Oi S.A. 3,82%

O reajuste não será para todo o Brasil, mas em algumas das regiões onde as empresas são concessionárias. No caso da Telefônica, por exemplo, o aumento permitido abrange apenas o setor 31 da região 3, o que significa quase todo o estado de São Paulo, exceto por 37 cidades.

PUBLICIDADE

A Oi poderá ajustar os preços nos estados de Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí, Maranhão, Pará, Amapá, Amazonas, Roraima, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Tocantins, Distrito Federal, Rondonia, Acre, Rio Grande do Sul.

As tabelas com preços máximos por operadora e região podem ser vistas aqui.

Anterior Anatel reduz tarifa de chamadas fixas da Vivo para celulares Algar, Nextel e Datora
Próximos "A TVRO precisa de solução definitiva", diz Wender Souza, da Abratel