Notícias com o tag

TV analógica


Crédito: Freepik

O programa Digitaliza Brasil convoca 94 municípios da Paraíba e 67 do Maranhão, cujas prefeituras poderão receber equipamentos de transmissão digital sem custos

Portaria determina como serão utilizados R$ 844 milhões em recursos da EAD na distribuição de kits e digitalização de retransmissoras em 1.638 cidades pequenas. Switch off nacional da TV analógica será concluído até o final de 2023.

Conselho Diretor aprova recursos para a instalação de 10 mil km de redes de fibras fluviais na região amazônica, atendendo 57 municípios e 9,2 milhões de habitantes, e para a digitalização de retransmissoras em 1.710 municípios de pequeno porte com 24 milhões de habitantes onde só há TV analógica

Termina nesta sexta, 1°, o prazo para que as empresas de celular e as emissoras de TV apresentem os projetos à Anatel para o uso de cerca de R$ 800 milhões que estão sobrando com a conclusão da digitalização dos sinais de TV. O presidente do Gired, Moisés Moreira, quer aguardar pela manifestação da AGU sobre a disputa.

A proposta do Gired é que o desligamento nessas duas praças se efetive em 12 de dezembro. Nessa quarta, serão desligadas as TVs do oeste do Paraná e Sul do Rio Grande do Sul

Secretário de Radiodifusão, Moisés Moreira, diz que pode ser necessário usar dinheiro não apenas para distribuição de conversores de sinal, mas também para digitalização de transmissoras de prefeituras em pequenas cidades. Questão será tratada no Gired e levada ao TCU.

Cidades cearenses vão completar um ano de adiamentos. Índice não alcança o gatilho mínimo determinado de 90% das casas com sintonizador digital para autorizar o desligamento.

Nas cidades onde não se atingir 90% de cobertura, o desligamento da TV ficará para depois.

O desligamento dos sinais de TV analógica conta com o engajamento de líderes comunitários e ONGs de diferentes perfis para fazer chegar às famílias dos programas sociais os kits de conversores e antenas gratuitos.

Capital e cidades do entorno chegaram a 90% de domicílios equipados com televisor compatível com o sinal digital de TV. Desligamento acontece nesta quarta-feira, 22.

Proposta enviada pelo Gired o MCTIC prevê desligar o sinal em 22 de novembro. Previsão inicial era desligar nesta quarta-feira, 8. O grupo também decidiu antecipar o cronograma do switch off nas capitais Boa Vista (RR), Macapá (AP), Palmas (TO), Porto Velho (RO) e Rio Branco (AC).

Região metropolitana tem 87% dos domicílios aptos a receber o sinal digital. O mínimo para haver desligamento do sinal analógico é de 90%.

As cidades de Salvador, na Bahia, e Fortaleza, no Ceará, terão as TVs analógicas desligadas na data programada: próxima quarta-feira, dia 27 de setembro. Conforme pesquisa, 93% das residências de Salvador já estão aptas a receber os sinais de TV digital e, em Fortaleza, a digitalização alcançou 95% das casas. Mas duas outras cidades cearenses, que também deviam ter o fim dos sinais analógicos esta semana, não conseguiram alcançar o percentual mínimo. Juazeiro e Sobral – com 76% e 73% – saíram da lista, por decisão de hoje do Gired. O desligamento nessas duas cidades foi reprogramado para fevereiro de 2018.

O Gired está reunido hoje, 24, para analisar o resultado da última pesquisa na cidade e ela apontou para 92% de residências com o sinal digital, o que assegura que a data previamente marcada seja mantida.

A Anatel liberou o licenciamento da 4G em 700 MHz em mais 156 cidades, o que soma mais de 1,8 municípios onde as operadoras de celular podem levar a banda larga

Desligamentos dos sinais da TV analógica de Belo Horizonte, Fortaleza, Salvador e interior de São Paulo foram adiados

As projeções indicam que nesta terça, 94% das residências da região metropolitana de São Paulo estarão aptas a receber o sinal da TV digital, e portanto todas as emissoras irão desligar as suas transmissões analógicas na quarta-feira, dia 29. Até lá, serão distribuídas 1,1 milhão de caixinhas, e faltarão outras 900 mil a serem entregues ao longo do mês

Cada emissora e retransmissora terá direito a apenas um canal virtual. Empresas têm 10 dias para se adequar.

Seja Digital e Anatel garantem que há tempo para que toda a população apta a receber os kits de digitalização seja atendida e que não há possibilidade de adiamento do switch off

Pesquisa do IBOPE aponta que entre 86% ou 85% (a depender do critério de apuração) das residências da região metropolitana de São Paulo estão aptas a receber o sinal digital de TV. Com esse resultado, que está sendo debatido hoje, 30, pelos representantes da Anatel, dos radiodifusores e das operadoras de celular, o adiamento da data do desligamento, prevista para 29 de março, fica muito difícil de ser confirmado, avaliam algumas fontes.