Notícias com o tag

streaming


Aplicativo se tornou disponível nas smart TVs da fabricante nesta quarta-feira e traz 20 canais

Executivo diz que operadora está de olho nesse mercado depois de aval da Anatel à comercialização dos canais Fox sem vínculo com operadoras

Segundo o advogado Tomás Paiva, o normativo atual está anacrônico e não reflete mais a realidade do mercado

A operadora já ampliou o piloto do novo produto para além dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo, que agrega diferentes conteúdos audiovisuais em um equipamento totalmente streaming, que poderá ser usado em qualquer rede, diz Alessandro Maluf, diretor de Produtos de Vídeo da Claro

Os líderes das mais importantes operadoras regionais e nacionais vão debater os novos modelos de negócios dos ISPs, as redes neutras, os novos serviços como streaming e gaming, a expansão das redes de banda larga e políticas públicas para impulsionar o setor. As inscrições ainda estão abertas!

Artur Coimbra, Maximiliano Martinhão, Leonardo de Morais e Nilo Pasquali são presenças confirmadas no Congresso, que acontece entre os dias 25 e 27 de novembro.

Para Leonardo de Morais, não há proibição de verticalização no Serviço de Valor Adicionado (SVA), enquanto que no serviço de TV paga (SeAC), a lei estabelece limitação ex-ante ao controle cruzado.

O conselho diretor da Anatel decidiu, em reunião extraordinária, um processo que já teve muitas reviravoltas nos últimos dois anos, desde que a Fox anunciou, em abril de 2018, que estava lançando no Brasil serviço de streaming. A Anatel referendou hoje, 9,  que a oferta de conteúdo audiovisual pela Internet – seja de forma linear ou não – deve ser enquadrada como Serviço de Valor Adicionado(SVA), e, como tal, não precisa seguir as mesmas condições da Lei de TV paga, ou a Lei do SeaC, que criou cotas de produção de conteúdo nacional e obrigações de carregamento de canais. 

O serviço, lançado ontem para os assinantes e a ser lançado para os demais clientes em 1º de outubro, terá pacotes especiais para os provedores regionais de banda larga até o final do ano, informa a empresa.

Em debate, se os canais lineares de TV transmitidos por streaming pela internet devem ser enquadrados como Serviço de Valor Adicionado (SVA) ou serviço de TV paga (SeAC). O caso corre o risco de ficar par ao próximo ano, pois o prazo de 120 dias solicitado pelo conselheiro Emmanoel Campello, acabaria após a última reunião do colegiado da agência em 2020