Notícias com o tag

segurança cibernética


GT-Ciber

Gustavo Borges Santana, coordenador do GT-Ciber, afirmou que o grupo está discutindo a melhor forma de regular ISPs quanto à cibersegurança

As novas regras de segurança cibernética criadas pela Anatel em dezembro do ano passado proíbem que equipamentos usados nas redes de telecom, e mesmo as redes de IoT (Internet das Coisas) tenham “porta dos fundos”, ou backdoor, que possam causar vulnerabilidades. No segundo semestre, a agência começa a recolher e testar os produtos.

Regras atingem a contratação de serviços de armazenamento de dados e de computação em nuvem

Real Protect está sediada no Rio de Janeiro, com escritório também em São Paulo. Com dois centros de operação de segurança (conhecidos como SOC, ou Security Operations Centres), a companhia oferece serviços gerenciados de segurança

Certificação na agência se dá na Superintendência de Outorga e Recursos à Prestação, que conduziu 21 consultas públicas, inclusive de temas polêmicos, a exemplo da segurança cibernética, além de temas que vão dominar a pauta do setor ano que vem, como o leilão das espectro 5G

O R-Ciber entra em vigor em 4 de janeiro de 2021. Operadoras terão 180 dias para se adaptar. ISPs ficam de fora, mas Grupo Técnico dirá se os pequenos devem se enquadrar nas regras de cibersegurança da Anatel. O GT também vai avaliar se há dependência das operadoras a fornecedores.

Comissão terá, além de senadores, representantes da Anatel, do governo, da sociedade civil e da academia.

A lei tem como eixos a introdução de uma estrutura de cibersegurança mais forte e a remoção de fornecedores considerados de alto risco

Leonardo Euler de Morais assinalou que nenhuma norma sobre a nova tecnologia deve, ao mesmo tempo, limitar a porta para a imposição de uma restrição e ditar os incentivos corretos aos prestadores