Notícias com o tag

poder de mercado significativo


O conselho diretor da Anatel aprovou hoje, 12, o novo Plano Geral de Metas de Competição, com duração de 4 anos, e com a definição de 7 mercados relevantes cujas empresas maiores terão preços controlados em mais de 3 mil cidades brasileiras

Conforme a GSMA 40% da população da América Latina não tem dinheiro para comprar um smartphone.

A Anatel definiu três novos mercados relevantes – o de transporte de dados e o de interconexão de dados, de dutos além dos de acesso, roaming, interconexão (fixa e móvel) que já existiam. Em todos eles, Oi e Telefônica terão controle de preços em milhares ou centenas de cidades onde atuam.

A Oi poderá receber uma remuneração diferenciada pelo uso de sua rede celular em São Paulo.

Conforme a proposta do PGMC apresentada, todas operadoras de telecom que não forem coligadas às empresas com Poder de Mercado serão tratadas pela Anatel como pequenas empresas, e livres para atuar no mercado. Mas as com PMS – os grupos América Móvil (Claro, NET e Embratel), Oi, eTelefônica Vivo e TIM – terão que abrir as suas redes para qualquer competidor. Ainda terão que abrir pontos de rede para acesso IP de voz e adotar o modelo de custos para todas as ofertas no atacado.