Notícias com o tag

PGMC


a Anatel deixa de encarar o Brasil como um único mercado, o que significa que fará intervenções regulatórias diferenciadas para o mesmo serviço, a depender da situação da competição do município. Vai ainda propor dois novos segmentos que merecem ser regulados e liberar outros dois serviços que estão hoje sob a sua batuta.

Conforme Carlos Baigorri, a Anatel não deverá propor qualquer regulação para os serviços de VoIP prestados pelas OTTs, como WhatsApp, como querem as teles, porque não ficou ainda configurado, aqui no Brasil, que esses serviços são substitutos

O Plano Geral de Metas de Competição implementado pela Anatel e sua metodologia de análise de poder de mercado foi adotado pela União Internacional de Telecomunicações.

A Anatel constatou que há falhas no mercado de trânsito e de transporte de voz fixa.

Ancine e Anatel apresentam no começo de 2016 estudo sobre a concentração do mercado de TV paga. Material vai orientar inclusão, no PGMC, de regras para aumentar a concorrência no setor.

A empresa defende a criação de regras assimétricas para operadoras de TV paga negociarem melhores preços dos pacotes dos conteúdos audiovisuais.

A Anatel vai fundir as redes das duas empresas na avaliação de Poder de Mercado do grupo na oferta de banda larga no atacado (EILD).

A perspectiva é de que os novos métodos estejam prontos para serem usados no novo ciclo de pesquisa, que se iniciará em abril de 2015.

A operadora mais agressiva foi a Vivo. Basílio Perez, da Abrint, espera que outras teles sigam o mesmo caminho.