Notícias com o tag

operadora de telecom


O 40º Encontro vai discutir a concentração e a competição de telecom no Brasil e no mundo e será realizado no próximo dia 24 de março, em Brasília.

O investidor norte-americano, Sol Trujillo, que já dirigiu a australina Telstra, estaria buscando recursos para comprar a dona da TIM, mas haveria resistência do governo italiano.

Para a AT&T, banda larga é um serviço de informação e não de telecomunicações. Verizon foi a que ganhou na justiça contra a decisão anterior da agência de regular a neutralidade da rede.

Os Termos de Ajustamento de Condutas (TACs), acordos a serem firmados entre a Anatel e as operadoras de telecomunicações, em troca das multas aplicadas, terão quatro áreas prioritárias: celular, TUP, backhaul e escolas.

Mas agora, a operadora está focada na conclusão da compra da GVT, prevista para o primeiro semestre de 2015.

A Telecom Italia, controladora ta TIM informou hoje (7) que o lucro líquido no terceiro trimestre caiu mais de 12%, para 442 milhões de euros ( US$ 547 milhões) devido a um mercado doméstico fraco. A receita caiu para 5,42 bilhões de euros, queda de 4,5% ano a ano. A Telecom Italia gera 70% de sua receita geral no mercado interno.

A assembleia, marcada para o dia 6 de novembro, vai deliberar sobre o aumento de capital da empresa em R$ 500 milhões. Este é mais um passo para a concretização da compra da GVT.

O presidente da Andrade Gutierrez e um dos controladores da Oi, Otávio Marques de Azevedo, afirmou que a Oi vai para o novo mercado no prazo estipulado, até o dia 25 de março, independentemente das negociações para a sua consolidação.

A portaria com a constituição dos integrantes da Câmara – iniciativa privada e governo – deve ser publicada ainda este mês.

A Claro ofereceu R$ 1,947 bilhão por dois blocos de frequência nacionais da licitação de 700 MHz que está ocorrendo agora na Anatel. A operadora ofereceu um ágio de 1% frente ao preço mínimo estabelecido pela Agência. A Telefônica e a Tim desistiram de oferecer proposta maior, visto que terão outros lotes para adquirir sem disputa, já que a Oi, potencial compradora, desistiu do leilão. A TIM levou o segundo lote com ágio de 1% e a Telefônica o terceiro, sem disputa, pelo preço mínimo.