Notícias com o tag

operadora de celular


A Telefónica, que controla no Brasil a Vivo, vai abrir o capital de sua operadora de celular da Inglaterra, a O2. Para isso, contratou os bancos Barclays, UBS e Morgan Stanley. Será a maior IPO desde 2011 no país, no valor de mais de € 10 bilhões, e deverá estar concluída no início de 2017.

O substituto ao PL 3453/15, do deputado Laercio Oliveira, elaborado com o respaldo técnico da Anatel e com o aval do MCTIC, quer acabar não apenas com as concessões de telefonia fixa, mas também com os prazos determinados de outorgas de frequências e de posições orbitais. Se o PL for aprovado assim, as primeiras frequências que teriam que ser devolvidas à União, as de 800 MHz, continuam em poder de Claro, Vivo, Oi, TIM, Algar Telecom e Sercomtel

Segundo o SindiTelebrasil, o Supremo Tribunal Federal considerou inconstitucionais as leis estaduais da Bahia, Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul que repassavam o ônus da instalação desses bloqueadores de sinal em presídio para as operadoras de celular.

Quem lê a frase acima, que dá o título à entrevista, pode achar ou que o executivo enloqueceu, que não entende nada de telecom, ou que a situação mudou rápido demais com a saída da Grã-Bretanha da União Europeia e só a Nextel percebeu isso. Mas não é nada disso. Ao longo dessa entrevista, o leitor vai constatar que, sob a gestão de Francisco Valim, a quinta operadora de celular brasileira embora tenha licença para operar em todo o país, resolveu focar sua atuação nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo, área de atuação igual a do Reino Unido.

O lançamento comercial do serviço está previsto para o primeiro trimestre de 2017.

A capital da República terá todos os canais de TV analógicos desligados no dia 26 de outubro deste ano.

As propostas das operadoras de celular deverão ser entregues até o dia 17 de março

A TIM, única das grandes operadoras de telecom que não tinha projetos de construção de rede banda larga incentivados pelo programa do MiniCom, começou a ter os seus projetos aprovados

O Brasil ocupa a 51ª posição no quesito disponibilidade da LTE e a 16ª posição no item velocidade da 4G pelo critério da consultoria OpenSignal.

Usuários de 3G e 4g de São Paulo, Rio, Brasília, BH e Curitiba já podem usar o CSP 99 da operadora, que vai custar a vulso R$ 0,99 o minuto.

A redução é de R$ 300 em cada aparelho e pode ser parcelado em até 12 vezes sem juros no cartão

A operadora francesa Orange vendeu 100% de sua empresa de telefonia móvel na Armênia para um provedor local de internet, a Ucom.

Com esta loja, a empresa soma quatro pontos de vendas na cidade.

leilão, martelo, compra, bolsa, ações

A Anatel aprovou hoje, 30, a reorganização societária da NII Holding, controladora da Nextel no Brasil, mas, ao contrário do que afirmava a empresa, de que os votos seriam pulverizados, a agência identificou um controlador majoritário na empresa.

Será Jackson Rodrigues, que já trabalhava para a operadora há cinco anos em outras praças.

A Vivendi estaria se manifestando em favor da venda da operadora brasileira, pois ela poderia criar mais valor para a controladora.

A intenção do governo de elevar a taxa do Fundo de Fiscalização das Telecomunicações (Fistel) em 169%, conforme circula no mercado, epoderá inviabilizar a base de celular pré-pago no país, alertaram executivos do setor. O aumento seria estabelecido por Medida Provisória, mas, na avaliação de diferentes interlocutores, haveria muitas resistências no Legislativo. Fontes do Minicom afirmam que MP não será publicada nos próximos dias.