Notícias com o tag

Oi móvel


Crédito: Freepik

Claro já aceita em sua rede a presença de 1,3 milhão de clientes da Oi Móvel em cidades com os DDDs 13, 14, 15, 17 e 18

alberto-griselli-ceo-tim-2022 - crédito: divulgação

Executivos da TIM afirmam que a compra da Oi Móvel trouxe superioridade de cobertura, de qualidade de rede, e rentabilidade, e que também ficará à frente no 5G: já falam em refarming da faixa de 1,8 GHz, usa hoje em dia no 4G.

Crédito: Freepik

Vivo liderou em adições no mês de março, demonstram os dados da Anatel para a telefonia móvel. Adesão a planos pós-pagos foi duas vezes maior que a adição de pré-pagos.

Christian Gebara, presidente da Vivo, diz que pode vender só a eletrônica dos 2,7 mil sites comprados da Oi Móvel, os equipamentos e os contratos de aluguel, ou manter os contratos para expansão do 5G da operadora. Nada disso foi ainda definido.

Crédito: Freepik

Os sites serão colocados à venda pela Vivo, conforme condição definida pelo CADE para a aprovação da venda da Oi Móvel. Vivo estima ainda sinergias de ao menos R$ 5,4 bilhões.

Adição de clientes e receita gerada pela fatia comprada na Oi Móvel terá reflexo positivo direto no lucro antes de impostos, juros e depreciações (EBITDA), do ano, informou executivo da controladora da Claro Brasil

Governo insiste em 5 anos para Baigorri. Crédito: Freepik

A divulgação dos resultados de 2021 da Oi foi postergada para 4 de maio. Mas empresa alerta que depende de decisão da Anatel sobre venda do controle da V.tal.

A migração de 16,4 milhões de clientes da Oi Móvel para a base da TIM vai levar 12 meses, e será feita e ondas semanais, começando daqui a três meses. Já no mês que vem começa a liberação de roaming.

alberto-griselli-ceo-tim-2022 - crédito: divulgação

CEO da companhia, Alberto Griselli diz que valor será de no mínimo R$ 16 bilhões e pode chegar a R$ 19 bilhões colhidos até 2042. Empresa aposta nas economias vindas do uso de espectro e de 2,8 mil novos sites.

Ao comprar fatia da Oi Móvel a TIM ficou com 7,2 mil sites, que incluem torres, antenas e outras estruturas para redes móveis. Destes, 2,8 mil serão aproveitados.