Notícias com o tag

licitação satélite


O ministério do Planejamento está revendo a política definida pelo governo Dilma de dar preferência à Telebras nos contratos de redes de telecom pelo governo federal. Segundo o secretário de telecom, André Borges, o MCTIC está fazendo um reestudo sobre quais seriam as reais necessidades de comunicação controlada e privativa. ” Ter a Telebras não significa que está atendido o requisito das comunicações controladas, até porque ela aluga circuitos de outras empresas”, disse ele.

Gilberto Kassab afirmou que o satélite da estatal continuará a cumprir sua função social e terá metas contratuais de atendimento.

A Anatel fecha com sucesso o leilão de venda de mais quatro posições orbitais brasileiras. Apesar de surgirem apenas quatro interessados para a venda de quatro licenças, houve disputa entre as empresas, o que fez o ágio máximo chegar a 83% e o ágio final atingir 69,55%. O governo arrecadou com este leilão R$ 183.755,020 milhões.

O setor de telecomunicações continua a atrair vultosos investimentos para o país. Prova disto é o leilão de posição orbital brasileira que está sendo realizado hoje,26. Com quatro concorrentes e venda de quatro posições orbitais, aparentemente não deveria haver ágio alto. Mas os dois primeiros lances, arrematados pela canadense Telesat, tiveram ágios significativos, de até 73%. A empresa, que ficou com as duas primeiras posições orbitais, vai pagar mais de R4 80 milhões ao governo.

Contestação da empresa diz respeito ao quarto lote da licitação, arrematado pela Eutelsat.