Notícias com o tag

leilão do 5G


Entidade, que representa empresas e trabalhadores do setor de instalação e manutenção de infraestrutura, festeja andamento do processo em torno do leilão

Crédito: Anatel

Agência ressalta, porém, que terá ciência melhor dos prazos e publicação do edital a partir da entrega do acórdão pelo TCU

O conselheiro Carlos Baigorri assinalou que depois de aprovado em definitivo, o edital precisará ficar disponível para a análise dos interessados por um período de 30 a 45 dias, mas a peça pode ser aprovada em circuito deliberativo.

Nos leilões passados, foram realizados novos sorteios para a escolha do relator que elaborou o edital definitivo de venda de frequências, o que deverá ocorrer também este ano.

Crédito: Freepik

Entre as sugestões, que não precisam necessariamente ser cumpridas pela Anatel, estão a implementação do roaming, a antecipação de cobertura de cidades, adotar regras de compartilhamento e criar norma sobre mercado secundário.

Crédito: Freepik

O acórdão, que já recebeu sete votos favoráveis, determina que a Anatel recalcule o número de erbs necessárias a serem instaladas nos grandes centros para a cobertura de 95% das áreas da cidades, pois acha que o cálculo atual está superdimensionado. Determina também que seja mantido o spectrum cap e o chamamento público para futuras outorgas.

Fábio Faria, Ministro das Comunicações - crédito: divulgação

Em comunicado divulgado hoje, 13, Ministro das Comunicações diz que jamais de posicionou contra a inclusão da obrigação de cobertura das escolas no edital do 5G, mas que isso atrasará o leilão

Em audiência na Câmara, Fábio Faria disse que guerra geopolítica em torno do 5G não é do Brasil e que maior preocupação é fornecimento de chips. Afirmou ainda que cada mês de atraso do leilão representa perda potencial de R$ 2,8 bilhões para o país.

Para o TCU, mudança nas regras de avaliação das propostas poderá permitir que as operadoras comprem mais espectro do que o permitido, o que prejudicaria a competição, mesmo com a devolução das sobras posteriormente.

Claro quer manter faixa de 450 MHz. Crédito: Freepick

Embora a companhia aguarde a publicação definitiva do edital para avaliar o preço de venda das frequências, Rodrigo Abreu disse hoje que uma empresa de infraestrutura deveria contar com a tecnologia FWA, usada na faixa de 26 GHz