Notícias com o tag

leilão de espectro


A Neko quer usar a faixa pra conectar toda São Paulo e transformar o estado em uma Coreia do Sul. A Fly Link tem planos de oferecer FWA na região do Triângulo Mineiro.

As três operadoras saem do leilão com 100 MHz na faixa de 3,5 GHz, a frequência nobre do leilão do 5G, possuindo mais espectro que a maioria das operadoras do globo. Com isso, poderão ofertar tudo o que o 5G promete – realidade virtual, holografia, carros autônomos, e muita, muita velocidade no celular.

Anatel quer mais frequência para o 5G.Crédito: Freepik

Com a operadora Winity, o fundo de privete equity ofereceu R$ 1,427 bilhão por 10 MHz na frequência de 700 MHz, a da 4G, e passa a ser novo operador de telefonia móvel no país. Highiline e Datora, que também fizeram oferta pela faixa, não fizeram contraproposta.

Hoje e sexta-feira haverá a disputa de preços pelas frequências de 700 MHz, 2,3 GHz; 3,5 GHz e 26 GHz. Na terça-feira os vencedores do certame voltam para a Anatel para apresentar as cidades que irão atender. E as empresas terão que agregar mais obrigações aos seus planos, vinculados aos preços maiores ofertados. O valor inicial previsto é que o leilão alcance R$ 50 bilhões. Deverá ser maior.

A Anatel esclareceu que a empresa que comprar as frequências de 26 GHz poderão prestar o serviço de telefonia celular ou de banda larga fixa (pela tecnologia FWA), o que preferir.

Anatel sugere condicionantes para a venda da Oi mõvel. Crédito- Freepik

A antecipação do serviço celular em localidades e polígonos de cidades não irá depender da limpeza completa da faixa de 3,5 GHz para os sinais de TV ou de satélite, responde a comissão de licitação.

Crédito: Freepik

O relator, conselheiro Emmanoel Campelo, disse que ainda não é possível saber se a data de 31 de julho de 2022 para o ingresso do serviço 5G no país será adiada.

Paulo Frosi, Diretor de Negócios Corporativos da Connectoway - Live Tele.Síntese 20/08/2021

Para o executivo, ISPs buscarão adquirir diferentes frequências, para serem complementares a seus modelos de negócios.

Nos leilões passados, foram realizados novos sorteios para a escolha do relator que elaborou o edital definitivo de venda de frequências, o que deverá ocorrer também este ano.