Notícias com o tag

leilão 5G


Crédito: Freepik

Texto já está disponível no sistema da agência. Dia 27 de outubro Anatel recebe os Documentos de Identificação e de Regularidade Fiscal e as Propostas de Preço para expedição de Autorizações para Uso de Radiofrequências. A sessão do leilão acontece dia 4 de novembro, às 10h.

Crédito: Freepik

Integrantes do board da companhia deliberaram, por unanimidade, a proposta da diretoria de concorrer na licitação

Veja quais são os lotes à venda, rodas e compromissos que formam o maior leilão de espectro já realizado pela Anatel

dinheiro-notas-mao-moedas-pagamento-eletronico-005 - crédito: divulgação

Desse total R$ 10 bilhões vão para os cofres da União e R$ 40 bilhões serão aplicados, em sua maioria, na rede 4G para a cobertura das estradas federais e mais de nove mil localidades que ainda não tem o acesso à internet. Os compromissos serão atendidos até o ano de 2029.

O conselho diretor da Anatel aprovou hoje, 24 de setembro, o edital de venda das frequências de 700 MHz, 2,3 GH, 3,5 GHz e 26 GHz, conhecido como o leilão do 5G. E marcou a data para a realização do leilão: dia 4 de Novembro de 2021, data do último dia de mandato do presidente da Anatel, Leonardo de Morais. 

Crédito: Freepik

O plano de trabalho prevê a realização de quatro audiências públicas presenciais nas próximas semanas

Diretor da empresa, Luiz Minoru, afirmou que decisão sobre espectro ainda depende de nuances do edital 5G, que será votado pela Anatel nesta semana

Crédito: Freepik

Conselheiro Moisés Moreira diz que vai concluir seu voto amanhã e distribuí-lo com antecedência na quarta, 22, aos demais integrantes do colegiado da Anatel

O presidente Jair Bolsonaro publicou hoje, 17, os dois decretos que regulamentam a rede privativa do governo e o Programa Amazônia Integrada Sustentável. Com essa iniciativa, o governo espera recolocar o leilão do 5G na pauta da Anatel, para que ele ocorra o mais rapidamente possível.

Ministro Fábio Faria no evento Esfera Debate 5G - Foto: Divulgação

Ministro Fábio Faria diz que textos estão na Subchefia de Assuntos Jurídicos. Publicação dos decretos é vista na Anatel como condição para continuidade da votação das regras do leilão 5G pela agência.