Notícias com o tag

frequência


A indústria de celular quer reabrir o debate sobre a faixa de 6 GHz

A indústria de celular tenta reverter a decisão da Anatel, que destinou 1,2 GHz para o serviço não licenciado WiFi6E. Entre os argumentos, está a o volume de recursos que poderiam ser arrecadados com novo leilão.

GSMA calcula os bilhões gerados pelo 5G em banda média. Crédito: Freepick-

Estudo também alerta para o potencial impacto econômico negativo da disponibilidade insuficiente de espectro. Se isso acontecer, o PIB mundial pode deixar de crescer até US$ 360 bilhões

Neko desiste da faixa de 26 GHz. Crédito: Freepik

O site terá informações sobre o espectro radioelétrico brasileiro, com vistas a incentivar as operadoras de pequeno porte a usarem esse recurso escasso em seus modelos de negócios.

A consulta pública, que terminaria agora em novembro, foi prorrogada para até 22 de dezembro.

Sai acórdão do Cade sobre venda da Oi Móvel Crédito: Freepik

As três operadoras saem do leilão com 100 MHz na faixa de 3,5 GHz, a frequência nobre do leilão do 5G, possuindo mais espectro que a maioria das operadoras do globo. Com isso, poderão ofertar tudo o que o 5G promete – realidade virtual, holografia, carros autônomos, e muita, muita velocidade no celular.

Crédito: Anatel

Agência ressalta, porém, que terá ciência melhor dos prazos e publicação do edital a partir da entrega do acórdão pelo TCU

sindisat

O presidente da Sindisat afirmou que a migração do serviço de satélites cria insegurança jurídica, uma vez que a Anatel não aceitou a proposta de indenizar o setor pelos satélites perdidos

No entendimento do conselheiro, o excesso de concentração de frequências na mão de três operadoras pode vir a ser um problema, algo que o Brasil não experimentou ainda.

Crédito: Freepick

A faixa mais importante da 5G terá 4 licenças nacionais com 80 MHz e uma regional com 8 blocos de 20 MHz. Na segunda rodada, todas as faixas de 3,5 GHz serão divididas em 20 MHz.

Uma das preocupações da TIM é que se mantenha a atual cláusula no edital da 5G que estabelece que as operadoras poderão arcar com custos adicionais aos previstos para a limpeza da frequência, o que criaria uma “incerteza absoluta”.