Notícias com o tag

Ericsson


A indústria de celular quer reabrir o debate sobre a faixa de 6 GHz

Claro vai usar tecnologia DSS, desenvolvida pela Ericsson, para ligar o 5G nas frequências que já utiliza em suas redes atuais. Quem tiver celular compatível poderá navegar com velocidades até 12x mais altas que as obtidas no 4G, segundo representantes da operadora.

No momento, o 3GPP está finalizando a padronização da 5G para aplicações como IoT celular, veículos conectados, redes não públicas e comunicação de baixa latência ultra confiável. E também, os requisitos de segurança.

Secretário de Estado americano afirma que diversos países estão acordando para o que chamou de “estado de vigilância” do Partido Comunista da China, como o Canadá, que se associou à Ericsson, Nokia e Samsung

Eduardo Ricotta, presidente da Ericsson do Brasil e Cone Sul da América Latina

IBM alerta sobre o câmbio. Crédito-Freepik

A previsão foi feita pelo embaixador americano no Brasil, Todd Chapman, em entrevista ao jornal “O Estado de S. Paulo”, ao comentar que a tecnologia 5G é uma batalha entre EUA e China.

Anatel sugere condicionantes para a venda da Oi mõvel. Crédito- Freepik

Empresa considera 160 milhões de conexões FWA no mundo até 2025 e diz que o número representará 25% do tráfego global de dados da rede móvel

Relatório da Ericsson avalia 2,8 bilhões de usuários com 5G até o final de 2025

Companhia também fará a baixa contábil de US$ 108,7 milhões em equipamentos pré-comerciais estocados no país asiático, o que terá reflexo negativo no balanço financeiro do período

Para Ericsson, Nokia e Intel, obrigações em qualidade de serviço fazem mais sentido do que regra para uso de fibra em bakchaul no próximo certame. Cisco observa que infraestrutura sem fibra não atende padrão 5G.

Para os executivos, o importante é que as regras do edital estejam bem construídas e que estimulem os investimentos nas redes de telecomunicações.

Claro quer manter faixa de 450 MHz. Crédito: Freepick

Cisco vê cinco players na disputa por espectro no próximo leilão. Para Nokia e Ericsson, regionalização pode se dar também liberando-se a banda de guarda acima de 3,7 GHz para o serviço privado. Para a Intel, custo para os pequenos pode inviabilizar investimentos.

Para o presidente da Ericsson, Eduardo Ricotta, a nova lei das teles assegurou a renovação automática da banda A, e alertou que se a faixa tiver que ser devolvida, o usuário ficará sem o serviço.

Executivo voltou a defender a realização de leilão em breve, com viés não arrecadatório a fim de liberar o dinheiro das operadoras para investimentos na rede.

A indústria de celular quer reabrir o debate sobre a faixa de 6 GHz

Projeção é da Ericsson, fabricante de equipamentos de rede. Empresa afirma também que 30% dos usuários móveis brasileiros pretendem trocar de operadora sem 5G para uma que já possua o serviço.

Fabricante diz que demanda por 5G não vai arrefecer por conta da Covid-19, e eleva previsão de acessos em 2025 na nova tecnologia.

Créditos: Freepik

Operadoras no futuro terão modelo similar ao de loja de aplicativos, em que clientes e parceiros poderão contratar e implantar serviços de forma automatizada.

Fabricante mantém metas de crescimento para o ano, no entanto, diante da previsão de aumento da demanda por equipamentos de rede 5G na China e nos Estados Unidos.

Para Nokia, Ericsson, Intel e Huawei falta de sincronia entre blocos seria um problema nas divisas dos estados. Tamanho dos blocos não é consenso, no entanto.

Para os fabricantes, a Instrução Normativa do governo publicada hoje confirma que a 5G é muito mais potente do que uma mera evolução tecnológica do celular.

Sindisat e SindiTelebrasil pedem mais 45 dias para avaliar o edital; se pedido for acatado pela Anatel, fica mais provável que leilão só aconteça em 2021.