Notícias com o tag

consolidação


Orange e a Bouygues Telecom confirmam rumores de que estão negociando uma fusão.

A mesma consultoria aconselha, ainda, votar a favor da diluição do capital da Vivendi no grupo italiano.

Concessionária terá até maio de 2016 para buscar consolidação no mercado brasileiro de telecomunicações. Se conseguir, fundo injetará ao menos US$ 4 bilhões para capitalizar operadora e garantir a realização da operação.

O CEO da operadora brasileira, Rodrigo Abreu, admite que combinação traria o benefício de escala no mercado fixo, e vê como oportunidade levar a revisão do marco regulatório ao Congresso.

Para Bayard Gontijo, a revisão da concessão é uma necessidade urgente para a Oi em qualquer situação, continuando como empresa independente ou consolidada.

Para o CEO da Telecom Itália, os investimentos em telefonia fixa no Brasil estão condicionados à mudança na lei de telecomunicações, de maneira a acabar com as “amarras” das concessões. Entre os problemas que aponta como inibidores para qualquer fusão com a Oi está a reversibilidade dos bens da concessionária. Mas ele acredita que o governo e legislativo mudam o marco regulatório no próximo ano.

Companhia afirma que não se envolveu nas conversas entre a concessionária brasileira e o fundo de investimentos do bilionário russo Mikhail Fridman.

Intenção do grupo russo é pagar US$ 4 bilhões por participação na concessionária, desde que aconteça uma fusão com a TIM Participações.

Jornal Valor Econômico afirma que Telecom Italia assumiria o controle da empresa resultante da fusão, e teria como sócios a Oi e o fundo LetterOne. Oi receberia aporte de R$ 10 bilhões.

Oi lembra que contratou banco para “desenvolver alternativas”, enquanto a TIM se diz “atenta a oportunidades”.