Notícias com o tag

Banda C estendida


O Tribunal de Contas da União (TCU) realizará no dias 9 e 10 de abril Seminário fechado sobre o 5G. Diversas entidades e integrantes do governo estarão presentes apresentando suas ponderações sobre a proposta de edital do 5G da Anatel. E o segmento satelital será um deles.

A Anatel estima que as operadoras de celular que comprarem a faixa de 3,5 GHz terão que gastar a enorme quantia de R$ 2,5 bilhões para distribuir e instalar as novas antenas que substituirão as TVs por parabólica, com a migração de todos os canais para a banda Ku do satélite, pleito dos radiodifusores referendado pelo edital.

Para o Conselheiro, compensação geral garantirá a continuidade de serviços profissionais prestados a clientes locais. Ele sugere ainda a criação de duas entidades para administrar a limpeza da Banda C estendida devido à migração dos canais de TVRO para a banda Ku.

Certificação na agência se dá na Superintendência de Outorga e Recursos à Prestação, que conduziu 21 consultas públicas, inclusive de temas polêmicos, a exemplo da segurança cibernética, além de temas que vão dominar a pauta do setor ano que vem, como o leilão das espectro 5G

Para Nilo Pasquali, da área de Regulamentação da Anatel, não têm amparo legal discussões sobre lucros cessantes e uso de radiofrequência, ao comentar parecer da Intelsat sobre eventual ação na Justiça contra o edital

A Anatel poderá destinar 100 MHz da faixa entre 3,7 a 3,8 GHz para que as diferentes verticais da indústria possam construir suas próprias redes de 5G com a licença de SLP (Serviços Limitados Privados). Segundo o gerente de espectro, Agostinho Linhares, essa faixa não entrará no leilão da 5G.

A consultoria Roland Berger, contratada pelo SindiSat, chegou ao valor mínimo de R$ 745,2 milhões que as operadoras de celular deveriam para as operadoras de satélite deixarem os 75 MHz da banda C estendida. Desse montante, só para instalar os filtros nessas 32,7 mil estações profissionais, o preço é de quase R$ 400 milhões.

Quatro operadoras de satélite, – SES, Star One, Intelsat e Hispamar – têm serviços na banda C, e perderiam 100 MHz para a telefonia celular.