Notícias com o tag

5G SA


Anatel vai debater um “glide path”, ou uma trajetória, para a implementação da 5G pura

Leia Mais

Smartphone intermediário vem equipado com chipse da Mediatek compatível com redes atuais e futuras do 5G no Brasil

Teste bem-sucedido se deu em Taiwan com terminal da Mediatek e uniu espectro de 700 MHz FDD a frequência de 3,5 GHz TDD

China Telecom e China Unicom planejaram juntas a expansão da rede 5G SA, mantendo apenas o núcleo da rede separados. Com isso, economizaram o equivalente a R$ 61 bilhões no período.

A empresa utilizou o modem Snapdragon X65 5G e o módulo de antena de mmWave Qualcomm QTM545, inserido em um protótipo de smartphone

A empresa conseguiu uma latência entre 10 e 15 milissegundos na faixa 3,5 GHz cobrindo 170 cidades. Segundo a Vodafone, essa é a primeira rede 5G SA da Europa.

Até o início da próxima semana, dirigentes da Anatel voltam a debater internamente a proposta de leilão da 5G já tendo em mãos o voto vista do presidente da Anatel, Leonardo de Morais, cuja reunião formal ocorrerá no dia 25.Uma das ideias em construção é a manutenção do release 16 – que conta com o apoio das três maiores operadoras, Claro, Vivo e TIM e dos novos entrantes – mas com uma proposta de trajetória de aterrisagem diferente ao que foi apresentado.

O vice-presidente de Relações Institucionais da TIM, Mario Girasole, reiterou que só o 5G puro, ou stand alone, poderá transformar o sistema produtivo brasileiro.

Operadora defende obrigação no edital do leilão 5G para que operadoras invistam no padrão “release 16” da tecnologia, que não permite reuso do núcleo das redes 4G atuais

O conselheiro Carlos Baigorri classifica a escolha pelo padrão 5G puro, ou seja, que irá demandar a construção de uma nova rede, como a preferência por uma Ferrari, ao invés de um Fusca. Argumento questionado por aqueles que defendem a adoção de padrão que possa ser usado nas redes atuais.