Notícias com o tag

5g americas


Crédito: divulgação

Segundo relatório publicado pela 5G Americas, maioria dos países da região não tem um cronograma para atribuir as bandas milimétricas. Casos mais avançados são aqueles em que o espectro já foi cedido ou o uso de licenças pré-existentes já foi autorizado, como no Brasil

Crédito: Jeff Bottari / Images para T-Mobile.

Para o cargo de tesoreiro, Barbara Baffer, vice-presidente de Relações Setoriais e de Governo da Ericsson, foi a escolhida

Cisco vê queda nos custos e aumento da competição. Abranet aponta benefícios e desafios. Enquanto a 5G Americas observa que o padrão OpenRAN pode ser usado no 5G e no 4G, como vem acontecendo e outros países da América Latina

Claro quer manter faixa de 450 MHz. Crédito: Freepick

Segundo a associação mundial dos fornecedores de redes, há 117 modelos de smartphones compatíveis com 5G em 3,5 GHz

A indústria de celular quer reabrir o debate sobre a faixa de 6 GHz

Conforme a 5G Americas, leilões de espectro foram adiados em toda a região. Ainda assim, há previsão de que o ano termine com 270 mil acessos 5G na região.

Brasil, Chile e Peru foram os mercados com maior quantidade de testes e verificações. As bandas de 3,5 GHz e 28 GHz foram as mais empregadas nos testes realizados

Novos nomes na Anatel Crédito: Fotolia

Jim Nevelle, vice-presidente da Kathrein Mobile Communications, agora parte da Ericsson, foi reeleito tesoureiro

Entre os casos identificados em relatório da 5G Americas está o acesso fixo sem fio, que permite oferta da banda larga residencial e comercial sem a necessidade de manter uma infraestrutura fixa de fibra ótica que exige altos investimentos

Na América Latina, única operadora com rede lançada comercialmente é a Antel, no Uruguai.