Notícias com o tag

3t20


O resultado negativo é melhor que as perdas de R$ 5,74 bilhões obtidas no mesmo trimestre de 2019. Segundo a empresa, o prejuízo é resultado do alto nível de investimento em fibra óptica, projetado no plano de recuperação. A fibra saltou de 4% para 24% das receitas residenciais em um ano e já compensa a perda de receita do cobre.

Operadora registrou aumento das despesas por conta do crescimento das vendas de planos de banda larga fixa em novos mercados

Luigi Gubitosi afirmou que não há previsão de concorrência, uma vez que a Highline desistiu. Ele estimou que a TIM Brasil vai crescer por volta de 5% ao ano, pelos próximos dois anos.

Executivos da TIM ressaltam que até o momento governo não sinalizou com banimento e defendem saída “industrial”, ou seja, que o mercado seja livre para escolher.

O lucro líquido da companhia caiu 30,56%, a R$ 390 milhões. O Capex do período foi de R$ 850 milhões, uma redução de 8% sobre o realizado no terceiro trimestre de 2019.

Os números foram impactados pela pandemia de Covid-19, pela desvalorização do real e outras moedas na América Latina, e por baixa contábil na Argentina.

Operadora mantém em rota plano de separação estrutural da unidade de fibra óptica, exceto em São Paulo. No trimestre, bateu recorde de novos HPs criados e elevou a meta para o ano a 16 milhões de casas com infraestrutura óptica.

Resultado tem reflexos da pandemia de Covid-19, redução de investimentos e de tributos pagos no período. Receitas com telefonia móvel ficaram estáveis, enquanto no fixo houve queda devido à estratégia da operadora de sair do mercado de TV por satélite e não incentivar vendas de telefonia fixa e banda larga baseadas em cobre.

Empresa registrou retração da TV paga, onde busca reformulação. No corporativo, cresceu em nuvem e TI. E no móvel colheu resultados do aumento da base de clientes pós-pagos.