Notícias com o tag

26 GHz


Diretor da Connectoway vê ameaça das grandes com a 5G e defende participação dos ISPs no próximo leilão de espectro da Anatel, além de aportes no WiFi 6 para melhorar a experiência de uso dos clientes de banda larga fixa

Segundo Márcio de Jesus, empresa vai disputar lotes de frequência em sua área de concessão

A fim de fazer o leilão 5G, agência acrescentou ao regulamento a destinação da faixa até 3,8 GHz para celular, serviços multimídia e redes privativas. Também foi publicado o regulamento de uso da faixa de 26 GHz.

Crédito: Freepick

A faixa mais importante da 5G terá 4 licenças nacionais com 80 MHz e uma regional com 8 blocos de 20 MHz. Na segunda rodada, todas as faixas de 3,5 GHz serão divididas em 20 MHz.

Para Francisco Pinheiro Neto, presidente do conselho da Mob Telecom, além da situação cambial, que encareceu 35% as redes de 5G, faltam muitas definições nas regras do leilão para que ele possa ser realizado este ano.

Pequenos e entrantes poderão adquirir espectro em 3,5 GHz através de disputa conhecida como “beauty contest”, em que a promessa de mais obrigações entregues leva as frequências. As grandes que já operam serviço móvel no Brasil serão obrigadas a disputar lances por preço, construir redes de transporte de alta capacidade e resolver a interferência sobre a TVRO.

As operadoras Claro, TIM e Vivo extrapolam os limites de frequências, em alguns estados brasileiros, mesmo com a flexibilização das novas regras publicadas pela Anatel.