Notícias com o tag

26 GHz


Crédito: Freepik

Teste na capital fluminense está em andamento no laboratório da Vivo na Barra da Tijuca e em dois sites localizados na Barra e no Recreio dos Bandeirantes. Objetivo é avaliar desempenho da frequência de 26GHz e possíveis aplicações, como o FWA

Conselheiro acata quase todas as determinações e recomendações do TCU, exceto ampliar prazo para cumprimento da obrigação de cobertura de 5G nas capitais e crava data para essa meta ser atingida pelas operadoras.

As operadoras que comprarem este espectro no leilão do 5g não terão que, elas próprias, cumprir as metas de conexão das escolas, que poderão ser atendidas por outras empresas e outras tecnologias.

Rui Gomes, CEO da Um Telecom, vê preço muito além da expectativa para o lote de 26 GHz, o mais desejado pela empresa

Leonardo de Morais defendeu a metodologia de preços adotada pela agência para a venda das frequências do 5G e avaliou que as redes Open Ran ainda não estão maduras, cabendo ao regulador não criar obstáculos para que elas cresçam.

Diretor da Connectoway vê ameaça das grandes com a 5G e defende participação dos ISPs no próximo leilão de espectro da Anatel, além de aportes no WiFi 6 para melhorar a experiência de uso dos clientes de banda larga fixa

Segundo Márcio de Jesus, empresa vai disputar lotes de frequência em sua área de concessão

A fim de fazer o leilão 5G, agência acrescentou ao regulamento a destinação da faixa até 3,8 GHz para celular, serviços multimídia e redes privativas. Também foi publicado o regulamento de uso da faixa de 26 GHz.

A faixa mais importante da 5G terá 4 licenças nacionais com 80 MHz e uma regional com 8 blocos de 20 MHz. Na segunda rodada, todas as faixas de 3,5 GHz serão divididas em 20 MHz.