Surge novo fabricante de conversor de TV digital


Até o final de janeiro de 2008 o mercado estará comercializando um conversor ao custo de R$ 250, garantiu Jakson Sosa, diretor da Comsat Comércio e Representação de Equipamentos Eletro Eletrônico, empresa paulista que vai desenvolver o aparelho. O equipamento foi apresentado nesta quinta-feira, 21, ao ministro das Comunicações, Hélio Costa, que conferiu pessoalmente a …

Até o final de janeiro de 2008 o mercado estará comercializando um conversor ao custo de R$ 250, garantiu Jakson Sosa, diretor da Comsat Comércio e Representação de Equipamentos Eletro Eletrônico, empresa paulista que vai desenvolver o aparelho. O equipamento foi apresentado nesta quinta-feira, 21, ao ministro das Comunicações, Hélio Costa, que conferiu pessoalmente a eficácia do produto.

Segundo Sosa, a partir de 500 mil unidades já é possível reduzir esse preço, mas inicialmente a empresa vai produzir cerca de 60 mil unidades mensais no primeiro bimestre de 2008, chegando a 100 mil conversores por mês até meados do ano. Na oportunidade, o ministro disse que recebeu informações que nesta semana está sendo lançado em São Paulo, um conversor ao preço de R$ 300. “No começo a tecnologia é um pouco mais cara, mas nos próximos meses, certamente o preço vai cair”, frisou. Inclusive o ministro adiantou que o Governo está trabalhando na redução de encargos tributários para que o conversor seja vendido por R$ 200.

Canal digital para BH

PUBLICIDADE

Hélio Costa anunciou que, na próxima quinta-feira, dia 27, estará em Belo Horizonte (MG), para assinar a consignação dos canais digitais para as emissoras de TV comerciais da capital mineira. A partir dessa  consignação, as emissoras poderão operar o novo sistema já em março de 2008. O ministro adiantou que no início do ano, também consignará canais para Rio de Janeiro, Brasília, Salvador e Fortaleza. De acordo com as regras de implantação, as emissoras têm até seis meses para entrar em operação, após receberem os canais.

Chile

Hélio Costa informou que o Chile adiou para março de 2008, o anúncio do padrão de TV Digital que será adotado naquele país. O ministro esteve na capital chilena essa semana em reunião com o ministro das Comunicações do Chile, René Cortazar, para acertar detalhes de um possível entendimento, que poderia fazer com que o Chile adotasse o mesmo padrão escolhido pelo Brasil. Segundo Costa, eles estavam propensos a adotar o padrão americano ou europeu.  

Na opinião de Costa, é importante para o Brasil que mais de um país da América do Sul adote o padrão brasileiro, por causa da escala de produção e diminuição dos preços . “O Brasil representa 44% da televisão na América do Sul e se nós tivermos mais um país conosco, nós vamos superar a faixa de 50%”, avaliou. Ele também adiantou que o Brasil já está com um bom entendimento com a Colômbia.

Anterior O Yahoo assina acordo com a America Movil
Próximos Agora, o desafio são os últimos centímetros.