Suécia adia leilão 5G após tribunal suspender banimento da Huawei


O Swedish Post and Telecom Agency (PTS), regulador de telecomunicações da Suécia, postergou o leilão de espectro 5G, marcado para começar hoje, 10. O adiamento ocorreu após a Corte Administrativa de Estocolmo suspender a decisão da PTS que, em 20 de outubro, proibiu futuros vencedores do leilão de utilizar equipamentos de rede 5G das chinesas Huawei e ZTE. O PTS informou que o leilão será realizado “assim que possível”.

A suspensão decorre de ação movida pela Huawei, que acionou o tribunal na semana passada contra a decisão da PTS. A empresa argumenta que sua exclusão não iria beneficiar o país nem sua população.

PUBLICIDADE

A suspensão, porém, ainda não representa uma vitória a fabricante de smartphones, como esclarece o juiz sênior Johan Lundmark. “A decisão que garante a permanência [da Huawei] significa que os termos relacionados, entre outras coisas, o uso de produtos da Huawei até próximo aviso, não se aplicam enquanto a Corte Administrativa continua a deliberação do caso”, afirmou o juiz.

Além da Suécia, países como Japão, França e Reino Unido também barraram a participação da fabricante no 5G após pressões do governo dos Estados Unidos. Os banimentos se baseiam no argumento de que os dispositivos das marcas chinesas facilitam a espionagem das comunicações ocidentais pela China. Tais alegações nunca foram comprovadas, no entanto. (Com agência internacional)

Anterior Conselho da Anatel referenda Gustavo Borges na Superintendência de Controle e Obrigações
Próximos Nokia anuncia Felipe Garcia como Head de Marketing no Brasil