Startup de monitoramento legislativo recebe aporte de R$1,3 milhão


A Sigalei, startup que utiliza tecnologia para identificar riscos e oportunidades relacionadas às questões políticas e regulatórias para empresas, associações, sindicatos e organizações não governamentais, recebeu aporte de R$ 1,3 milhão em rodada de investimento liderada pelo GVAngels, da qual participam Allievo Capital e SL Anjos.

Com esse aporte, a Sigalei irá investir em áreas como Processamento de Língua Natural (PLN) e aprendizado de máquina. O objetivo é aprimorar o processo de coleta e processamento do grande volume de dados governamentais disponíveis.

PUBLICIDADE

“Queremos também aumentar nossa presença em agências reguladoras, órgãos públicos e Poder Executivo. Com isso, buscamos construir um novo posicionamento, baseado na responsabilidade e no melhor preparo das organizações, para antever e gerir situações de vulnerabilidade. Viabilizamos assim uma postura mais ética e transparente por parte das empresas, demanda cada vez mais presente nesta nova realidade global”, conclui Frederico Oliveira, CEO da Sigalei.

A plataforma começou a funcionar em 2016. Segundo a empresa, as informações utilizadas vêm das Assembleias Legislativas, Câmara de Deputados, Senado e Governo Federal. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Ativada rota digital acadêmica que liga EUA, Brasil e África do Sul
Próximos Anatel decide encerrar hoje a consulta pública do 5G