Slim quer vender mais ativos no México, além do já anunciado


O bilionário mexicano Carlos Slim afirmou hoje, em entrevista ao canal de TV da Blommberg, que poderá vender mais ativos de suas operadoras mexicanas do que o anunciado recentemente.  A America Movil precisa se desfazer de parte da empresa para cumprir a nova legislação mexicana, que determinou  a ampliação da competição em telecom. Atualmente, a América Móvil possui 70% do mercado de telefonia móvel e 80% do mercado de telefonia fixa do país.

Em julho, a empresa havia anunciado a venda de parte de seus ativos da região leste do país, por um montante calulcado em US$ 17,5 bilhões , reduzindo assim seu market share para evitar as pesadas multas previstas na legislação e a abertura de sua rede.

PUBLICIDADE

Na entrevista de hoje, o dono da empresa admite que a venda poderá ser ampliada para as operações do oeste do país e mesmo da fronteira com os Estados Unidos. Ele está negociando com sua ex-sócia a AT&T e com a operadora japonesa, a SoftBank.

A Telefônica Vivo, que recentemente comprou no país a GVT, da francesa Vivendi, também atua no mercado mexicano com a telefonia celular.

PUBLICIDADE
Anterior Amazon também é investigada por sonegação de imposto pela Comissão Europeia
Próximos Empresas testam, com sucesso, uso comercial de agregação de banda FDD/TDD