Site permite calcular custo estimado da nuvem por órgão federal


A consultoria O3S lançou hoje, 15, uma calculadora capaz de estimar os gastos por órgão do governo com serviços em nuvem. Batizada de Nuvem Governo, a calculadora faz uma prestação de conta estimada em tempo real, conforme o usuário preenche os campos.

Por exemplo, é possível informar se a plataforma usada pelo órgão será Linux, quantos processadores virtuais serão precisos para a tarefa, quantas máquinas serão usadas no ano. Há diferentes critérios para contratos de longo prazo ou para serviços prestados sob demanda.

PUBLICIDADE

A calculadora também traz campos para cálculo de armazenamento de dados, tráfego de rede, backup, cofre de senha, firewall, entre outros.

As estimativas são todas elaboradas em USN, a unidade utilizada pelo setor público para contratação de serviços de nuvem pública e privada, envolvendo IaaS (Infraestrutura como Serviço), PaaS (Plataformas como Serviço e SaaS (Software como Serviço). Mas também apresenta a conversão aproximada para reais.

A calculadora utiliza como base para os valores das USN o padrão definido pelo Ministério do Planejamento, em 2018. Segundo seus criadores, será atualizada assim que o Ministério da Economia concluir novo certame de contratação de nuvem. A consulta pública do novo termo de referência foi aberta na última sexta-feira, 12.

Anterior SAS e Microsoft fecham parceria para venda de Analytics e IA em nuvem
Próximos KPMG aponta oito áreas-chave em regulação para IoT