Simplificação regulatória é tema da live do Tele.Síntese desta sexta


Crédito: Pixabay
Crédito: Pixabay

Mesmo com a revogação de normas obsoletas, junção de outras e atualização de regulamentos realizadas, a guilhotina regulatória não foi efetivada. Quais ações da Anatel tiveram impacto positivo sobre os serviços de telecomunicações? Houve alguma que se mostrou negativa para o setor?

Essas são algumas das questões que serão abordadas na live que o Tele.Síntese promove nesta sexta-feira, 26. O tema em debate será exatamente de simplificação regulatória e reunirá representante da agência, de entidade e de operadoras.

O que as operadoras de TV paga esperam da revisão da lei do SeAC, que ainda está em curso no Ministério das Comunicações? O que pode ser feito sem depender de alteração da lei? O que pode substituir as cotas de conteúdo nacional, que acabam em dois anos?

Quais são atualmente as principais normas a serem aprovadas pela Anatel que trarão o impacto maior para o setor? O regulamento de fiscalização, com o princípio da regulação responsiva, já pode ter seus impactos avaliados? São temas que cabem uma avaliação.

Assim como a agenda regulatória do próximo bimestre e a possível avaliação das regras já aprovadas, como prevê o normativo das agências reguladoras. E o mercado secundário de espectro, um tema polêmico, já está pacificado na agenda? É possível a cessão do espectro por cinco anos, em regime secundário?

Participam do debate Jeferson Nacif, diretor de Relações Institucionais da SKY; José Bicalho , diretor de Regulação da Conexis; Nilo Pasquali, superintendente de Planejamento e Regulação da Anatel e Viviane Perdigão, diretora de Regulamentação da Oi.

O debate começa pontualmente às 14h30. Não deixe de participar, mande perguntas aos debatedores, dê sua opinião!

As inscrições podem ser feitas aqui.

PUBLICIDADE
Anterior Frente Parlamentar Mista da Inteligência Artificial será instalada hoje na Câmara
Próximos No Brasil, produtos da Apple são os mais caros do mundo