Simplicidade no portfólio é a alma da Claro TV+


Alessandro Maluf, diretor de produtos de vídeo da Claro - crédito: Inovatic Sudeste 2022
Alessandro Maluf, diretor de produtos de vídeo da Claro – crédito: Inovatic Sudeste 2022

O Claro TV+, lançado há um mês pela operadora,  tem como uma das premissas a simplicidade do portfólio. Os novos produtos, que representam uma guinada importante da empresa de telecomunicações para competir no segmento do streaming de vídeo, foram criados em torno de quatro vértices, explicou Alessandro Maluf, diretor de produtos de vídeo da Claro durante o Inovatic Sudeste 2022, que acontece até a próxima quinta-feira. 

Segundo o executivo, os vértices são: a modernização da experiência de ver TV; a apresentação de um portfólio mais simples, para aprimorar o entendimento do cliente e facilitar as vendas; a melhoria da programação; e a transformação em hub de conteúdo, com tudo num mesmo lugar: canais de TV ao vivo + conteúdos VOD + aplicativos de streaming.

PUBLICIDADE

Maluf detalhou a estrutura das ofertas: Os planos custam de R$ 59,90, R$ 89,90 e R$ 129,90. Segundo o executivo, todos os pacotes saem por R$ 59,90. O valor adicional se refere a algum equipamento que vai junto. Essas três ofertas têm em comum a seleção de  mais de 100 canais e outros produtos VOD, que incluem programas ao vivo, os canais de TV abertos e diferentes canais de filmes e entretenimento. “Estamos em novo momento da distribuição de conteúdo”, afirmou.

Ele explicou ainda que o pacote de entrada, que pode ser baixado pelo app da operadora, pode usado em cinco dispositivos diferentes (no celular, na TV, no tablet, etc) e compartilhado simultaneamente por duas pessoas.

Já os serviços intermediários e topo de linha – a Claro TV Box, e a Claro tv+ ( que traz a resolução 4K)- funcionam também com a Alexa, o sistema de reconhecimento de fala da Amazon.  Basta dizer “Alexa” ou pressionar o botão com o símbolo de microfone no controle remoto para iniciar a interação por voz, seja para escolher um canal ou programa, seja para controlar dispositivos conectados ou saber a previsão do tempo.

Para Maluf, esses novos lançamentos não irão canibalizar a base do SeAC da operadora. “O que há é um atendimento a vários tipos de clientes. Não há um produto substituindo outro. São vários produtos sobrevivendo juntos. O cliente opta pela melhor configuração,”, concluiu.

 

PUBLICIDADE
Anterior TIM lança 5G com oferta de games e mais 50GB gratuitos
Próximos Anatel autoriza uso de frequência para primeira radiovia