Sima lança solução de monitoramento com input híbrido


O Sima (Sistema Integrado de Monitoramento Agrícola) desenvolveu uma nova atualização de seu software de monitoramento de lavouras focado no B2B. O diferencial da novidade é o input híbrido de dados coletados pelos profissionais de campo. Isso facilita a comunicação de agroindústrias, revendas e redes de distribuição de insumos com seus Rtvs (Serviço de Retransmissão de Televisão) e responsáveis pelas vendas.

PUBLICIDADE

“Estamos propondo uma nova funcionalidade para tornar ágil a gestão de informação entre o time de campo e a equipe de vendas, o que hoje é o grande gargalo das empresas do agro e seus canais de distribuição”, diz Rafael Malacco, gerente de desenvolvimento de mercado da Sima.

A ferramenta cria uma rotina de registros de dados que permite ao consultor acessá-los à distância. O time de campo monitora, coleta, carrega as informações e envia. Esse compartilhamento pode ser feito pelo WhatsApp logo após a realização da visita e quem recebe os dados pode analisá-los em tempo real. As informações compartilhados ficam salvas, criando um banco de dados do histórico local.

O consultor também terá informações do que está acontecendo nas áreas próximas às do seus clientes. Dessa forma, poderá auxiliar de maneira preditiva e antecipar possíveis problemas, como por exemplo saber se está acontecendo um ataque de praga ou fungo.

Além do Brasil, a AgTech está expandido a solução pela América Latina. Segundo Mauricio Varela, Co-founder e country manager Brasil e América Latina da Sima, hoje a AgTech já tem parcerias com empresas na Argentina Paraguai, Uruguai, Venezuela, México e Colômbia. A receita desses novos mercados já representa mais de 50% do faturamento da Agtech. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Samsung lança primeiro notebook da marca Galaxy, usada nos smartphones
Próximos STF: Lei do RJ que limita ligações de telemarketing é constitucional