PORTAL DE TELECOM, INTERNET E TIC

Congresso nacional

Silva conclui proposta do PL das Fake News na próxima semana. Mas votação fica para 2022, diz Lira.

Em coletiva na noite de ontem, Arthur Lira disse que votação do texto pela Casa será pautada somente ano que vem
Crédito: Freepik
Crédito: Freepik

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), disse nesta quinta-feira, 2, que a votação do projeto de lei das fake news (PL 2.630/202) deve ficar para o ano que vem. O Plenário deve apreciar o projeto de lei no início de 2022.

Lira ainda falou que o tema é complexo. ” Como o assunto é muito polêmico, isso tem que vir bem maduro e deve ficar para o ano que vem. O deputado Orlando fez um trabalho muito extenso. Ele deve ter finalizado essa discussão no grupo onde está reunido e, devido a ser um assunto polêmico, que envolve informações na Internet, com todos os seus efeitos e causas, o tema deve vir bem maduro e deve ficar para o começo de 2022″.

Em entrevista ao Tele Síntese, o relator do PL das fake News, Orlando Silva (PCdoB-SP), disse que quem define a pauta da Câmara é o presidente. Foi Arthur Lira quem sinalizou votar esse ano, é Arthur Lira quem sinaliza votar no começo do ano que vem. “Nossa tarefa é preparar a proposta, minha perspectiva é concluir esse trabalho na próxima semana. Conversei ontem com o Presidente Arthur Lira, ele está confiante no trabalho que fizemos”, revelou.

Nesta quarta-feira, por 7 votos a 4, o grupo de trabalho (GT) da Câmara dos Deputados que analisa proposta de combate às fake news aprovou o texto-base do relatório do deputado Orlando Silva  ao projeto de lei 2.630/20.

As votações no Congresso devem ser realizadas, segundo o presidente da Câmara, até 17 de dezembro com a aprovação do Orçamento de 2022.

TEMAS RELACIONADOS

ARTIGOS SUGERIDOS



 

Chatbot com IA da Mundiale automatiza vendas dos ISPs em até 84%
ISPs ainda podem contar com envio automatizado de boleto com régua de cobrança para reduzir a inadimplência e com gerenciamento fim-a-fim.