Setor eletroeletrônico fecha 736 vagas em outubro


shutterstock_Andris Tkacenko_economia_trabalho_politicaAs indústrias elétricas e eletrônicas fecharam 736 postos de trabalho no mês de outubro de 2016, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee). O dado se baseia nas informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho (Caged). Com o resultado, o nível de emprego no setor registra a segunda queda consecutiva após a expansão registrada em agosto (+252 vagas).

De acordo com o presidente da Abinee, Humberto Barbato, o aumento de agosto foi um fato isolado, pois nos meses seguintes a tendência não se confirmou. “Não assistimos a reação que esperávamos”, diz. Agora, as expectativas mais positivas estão sendo transferidas para o segundo trimestre do próximo ano. “Infelizmente, antes disso é difícil acreditar em uma reação na economia e no desempenho industrial”, afirma.

No acumulado de janeiro a outubro, as indústrias elétricas e eletrônicas registraram o fechamento de 9,2 mil vagas. O total de empregados no setor eletroeletrônico atingiu 238,7 mil no final do mês passado.

PUBLICIDADE

Há, porém, um dado que causa algum alento nos dados. A intensidade das demissões parece ter diminuído. Em outubro de 2015, o setor fechou 4.135 vagas, mais de 5,6 vezes o registrado no mesmo mês deste ano.

Anterior Portaria ministerial ratifica processo eleitoral para CGI
Próximos Software para e-commerce dobra valor da Stripe