SES DTH leva mais uma posição de satélite por R$ 26,8 milhões


A SES DTH ficou com mais uma posição de satélite na terceira etapa do leilão de posições orbitais, realizado nesta terça-feira (6), pela Anatel. A empresa europeia pagou R$ 26,8 milhões pelo direito de exploração de satélite, com ágio de 119% em relação ao preço inicial de R$ 12,2 milhões.

Na etapa anterior, a SES DTH levou a posição orbital 48º Oeste e vai operar nas bandas C, Ka e Ku, por R$ 33 milhões, com ágio de 170%. Nessa segunda posição, a empresa vai operar apenas em banda Ku.

PUBLICIDADE

Apesar de adquirir duas posições, a SES DTH gastou menos que a Hispamar, que pagou R$ 65 milhões (ágio de 431,8%), pela posição 61º Oeste. A explicação da espanhola Hispamar, que tem a Oi como sócia,  é que ela deu um alto ágio porque  precisava escolher primeiro a posição para aproveitar o satélite já em órbita. A empresa vai deslocar este seu satélite que já está em órbita para esta melhor posição.

A  SES DTH, por sua vez, que comprou duas posições orbitais brasileiras, pretende tamem deslocar um de seus satélites para esta posição. Na outra órbita, pretende lançar um novo equipamento e para isto terá seis anos para colocar o satélite em funcionamento, afirmou o diretor-presidente da empresa, Jurandir Pitsch. O grupo SES já tem cinco satélites irradiando para o Brasil, em posições orbitais de outros países. Ela fechou recentemente um grande contrtado com a Oi, para receber os canais de TV HD da operadora brasileira.

A empresa árabe Star Satellite, que chegou a se classificar nessa etapa em terceiro lugar, não apresentou proposta substitutiva. A Eutelsat, por sua vez, chegou a replicar duas vezes, mas acabou desistindo.

PUBLICIDADE
Anterior Oi anuncia conversão de debêntures dos controladores em ações da operadora
Próximos Febratel defende extensão da desoneração de Fistel para banda larga móvel