Segurança pública vai ganhar mais espectro


A Anatel aprovou hoje a consulta pública para  a destinação de 2 MHz na faixa de 388 a 389 MHz para os serviços de segurança pública e emergência. As polícias estaduais e federal já usam a frequência de 380 MHz em sua comunicação privada e agora a agência está propondo a ampliação de mais banda para esses serviços.

Com esta nova destinação, pequenas empresas que ocupam este espectro passarão a usá-lo em caráter secundário a partir de 31 de dezembro de 2016. Segundo o conselheiro Marcelo Bechara, há 70 estações de comunicação que usam essa frequência e que precisarão ser deslocadas em prol da segurança pública.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Anterior Operadoras elevam o tom e ameaçam ir aos tribunais contra a FCC
Próximos No Brasil, neutralidade se aplica também `a rede móvel?