Segundo Amos, ofertas de tarifa única dos concorrentes tendem a beneficiar a Vivo


shutterstock_Peshkova_Consumidor_Economia_Concorrencia_Competicao_DisputaO CEO da Telefônica Vivo, Amos Genish, disse hoje, 05, em conferência a analistas sobre os resultados financeiros do terceiro trimestre, que a receita da empresa com a VU-M tende a aumentar graças aos novos planos de tarifa única on-net/off-net lançados recentemente pelos concorrentes Oi e TIM.

“Veremos um aumento da receita com tráfego entrante. Então, poderemos nos beneficiar desse tipo de oferta dos concorrentes”, resumiu. O executivo deu a entender que ainda é cedo para realizar ofertas semelhantes. “Gosto de lembrar que muitas operadoras lançaram ofertas de acesso gratuito a serviços de mídias sociais, como Twitter e Facebook, no começo do ano. E todos nos perguntavam se representava ameaça à Vivo. Aqui estamos em novembro, com várias dessas ofertas tendo se demonstrados problemáticas, sem afetar nossa habilidade de atrair mais clientes que os demais e liderar no pós-pago”, falou.

Genish disse que, quatro dias após o início da oferta da TIM e dois da Oi, ainda não viu qualquer impacto sobre o churn da Vivo. E lembrou que a Vivo vai lançar novas ofertas em novembro, dezembro e janeiro, mas que não necessariamente recorram à mesma estratégia de fim da cobrança diferenciada para as chamadas destinadas a outras operadoras. “Estamos confortáveis com nosso rumo, que privilegia valor a volume”, concluiu.

PUBLICIDADE

Christian Gebara, chief revenue officer da Telefônica Vivo, ressaltou que a companhia reagirá no momento e da maneira adequada. “Sempre surgem novas ofertas no mercado, o setor é muito competitivo. Estamos confiantes que podemos manter nossa proposta de valor focada em inovação e uso de dados, e não tanto em preço. Continuaremos sempre a ajustar as ofertas para ser a melhor oferta para nosso consumidor, manter a liderança e o momentum no pós-pago e pré-pago. Em dados, as nossas ofertas são pouco baseadas no preço, e muito focadas na qualidade”, completou.

Anterior Lucro da Qualcomm encolhe 44%
Próximos Leilão de frequências da Anatel deve ser dia 18 de dezembro