Samsung promete “inundar” mercado com sistema concorrente ao Android


O Samsung Z1 vem com o sistema operaciona Tizen, desenvolvido pela própria empresa. (Foto: Divulgação/Samsung Tomorrow)
O Samsung Z1 vem com o sistema operaciona Tizen, desenvolvido pela própria empresa. (Foto: Divulgação/Samsung Tomorrow)

A Samsung lançou hoje (14) na Índia o smartphone Z1, equipado com o sistema operacional Tizen, desenvolvido pela empresa. Segundo a sul-coreana, a escolha do sistema embarcado se deve a redução de custos. O Tizen seria mais leve e exigiria menos poder de processamento do celular. Com isso, o custo seria reduzido. Tanto que o Z1 sairá por cerca de US$ 92 no mercado indiano.

O aparelho foi projetado para ser de baixo custo. Tem tela de 4 polegadas, processador de dois núcleos de 1,2 GHz, funciona com dois cartões SIM, traz câmera de 3,1 megapixel e memória interna de 4 GB. Não há previsão de chegada ao Brasil. Mas faz parte da estratégia da empresa de fazer o Tizen crescer no mundo.

Em comunicado oficial, a empresa promete “inundar” o mercado com produtos rodando Tizen. A linha – da qual parte já foi exibida durante a CES, em Las Vegas, na última semana – terá não só smartphones, como também dispositivos vestíveis, câmeras, geladeiras, televisores e outros produtos. “O Tizen é uma parte grande e importante de nossa estratégia para a internet das coisas”, ressaltou BK Yoon, o CEO da empresa durante a feira.

PUBLICIDADE

A Samsung explica que não quer concorrer com outros sistemas operacionais, mas garantir a existência de ecossistemas abertos de desenvolvimento. “Queremos plataformas abertas, e também nos mantemos abertos a outros sistemas. Dessa forma, asseguramos interoperabilidade e conectividade entre bilhões de dispositivos”, diz Mingi Hyun, responsável pela comunicação corporativa da Samsung, em post publicado no blog oficial da empresa.

Anterior Carlos Bertholdi assume a liderança da Avaya Brasil
Próximos Brasileiros devem começar a receber iAds já este mês