Samsung alerta novamente para baixa no estoque de chips


Mais uma vez a Samsung alertou, em assembleia geral anual hoje, 17, que continua a enfrentar sérias questões de baixa no estoque de chips. A sul-coreana também afirmou que esse descompasso entre a demanda e o fornecimento pode impactar os resultados do segundo trimestre de 2021.

A Bloomberg informou que o co-CEO e diretor do departamento de dispositivos móveis, Koh Dong-jin, disse que a Samsung está trabalhando com fornecedores para minimizar os problemas. Em consequência, a empresa estaria considerando adiar o lançamento do próximo Galaxy Note.

PUBLICIDADE

A gigante asiática não é a única fabricante que vem sofrendo com a baixa nos estoque de chips. A Qualcomm, fornecedora dos processadores, não está conseguindo suprir a alta demanda das empresas. Em um evento anual com acionistas, o presidente da Qualcomm, Cristiano Amon comentou que há uma escassez de semicondutores nas indústrias mundialmente. Por enquanto, com a manutenção das restrições dos Estados Unidos a Huawei, não há previsão de desafogar a demanda por chips. (Com agências internacionais)

Anterior Connectoway afastou desabastecimento com planejamento e dados analíticos
Próximos Indústria eletrônica inconformada com redução do imposto de importação