Russia perde o mais potente satélite de telecomunicações


O mais potente satélite de telecomunicações russo, o Express-AM4R, não foi colocado na órbita pré-calculada devido ao acidente do foguete-portador Proton-M,  lançado na madrugada de sexta-feira a partir do cosmódromo de Baikonur. O satélite custava US$ 275 milhões

O foguete-portador Proton-M foi lançado na hora prevista, isto é, às 1h42, hora de Moscou. O satélite Express-AM4R foi desenvolvido pela empresa europeia EADS Astrium a pedido da companhia Kosmicheskaya Svyaz no âmbito do Programa Espacial Federal da Rússia para o período de 2006 a 2015.

De acordo com a informação à disposição da agência espacial russa Roscosmos, o acidente deu-se durante o funcionamento do terceiro estágio do foguete-portador, quando este se encontrava nas camadas superiores da atmosfera.

PUBLICIDADE
Anterior Zurich Seguros investe na gestão do canal web
Próximos Anatel submete projetos ao FDD para beneficiar usuários