Roberto Lima deixa presidência da Vivo até junho


O presidente da Vivo, Roberto Lima, deixa o cargo até o fim de junho, segundo comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na tarde desta quarta-feira (4). Segundo a nota, o executivo foi responsável por consolidar a liderança da Vivo no mercado brasileiro e por manter a empresa como referência no setor. Luis Miguel Gilpérez Lópes será o responsável pela gestão unificada da Telefônica e da Vivo, enquanto o presidente da Telefônica no Brasil, Antonio Carlos Valente, vai ampliar seu leque de atuação, mantendo-se na presidência institucional do grupo no Brasil. (Da Redação).

PUBLICIDADE
Anterior CCT da Câmara define subcomissão que acompanhará ações do PNBL
Próximos Brasil ganharia US$ 14 bi se banda de 700 MHz for ocupada pelo celular