Rezende afirma que leilão de 700 MHz terá competidor estrangeiro


O presidente da Anatel, João Rezende, confirmou, nesta terça-feira (2), a participação de um investidor estrangeiro no leilão da faixa de 700 MHz, que acontecerá dia 30 de outubro. Ele não quis adiantar qual é a empresa, mas disse que a presença dela foi anunciada durante o Road Show que o Ministério das Comunicações e a agência fizeram para divulgar a licitação no exterior.

A apresentação aos investidores estrangeiros aconteceu entre os dias 24 e 28 de julho, em Londres, no Reino Unido, e Nova Iorque, nos Estados Unidos. Nessa época ainda não havia sido oficializado o preço mínimo da frequência nem os custos para limpeza da faixa, que chegam a R$ 11,8 bilhões. Porém já se sabia que não seriam exigidas obrigações a empresas entrantes.

PUBLICIDADE

TCU

Rezende também falou sobre a avaliação do edital do leilão de 700 MHz, que foi incluída na pauta desta quarta-feira (3) do plenário do Tribunal de Contas da União. Segundo ele, na sessão será analisado a primeira fase do acompanhamento, com foco no preço mínimo dos lotes proposto pela Anatel. “O TCU já sinalizou que não há problemas”, disse. Mas admite que poderão ser pedidos pequenos ajustes no edital.

PUBLICIDADE
Anterior Bittar: mais do que revisão, é preciso repactuação dos contratos de concessão
Próximos TIM amplia cobertura 3G na capital paulista