Recurso da audiodescrição na TV estará disponível em julho


O secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Cezar Alvarez, a ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário, e o secretário nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Antonio José Ferreira anunciaram, nesta segunda-feira (20), a adoção da audiodescrição na TV brasileira. O recurso começa a ser usado no dia 1º de julho pelas emissoras de TV com sinal digital, que apresentarão pelo menos duas horas semanais da audiodescrição nas programações.

PUBLICIDADE

Entende-se por audiodescrição toda a narração, em língua portuguesa, integrada ao som original da obra audiovisual, contendo descrições de sons e elementos visuais e quaisquer informações adicionais que sejam relevantes para possibilitar a melhor compreensão desta por pessoas com deficiência visual e intelectual.

O recurso da narração terá que estar disponível na função SAP. Os filmes, documentários e programas transmitidos em outro idioma também terão que ser integralmente adaptados, com dublagem do diálogo ou voz do narrador. (Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior Inmetro constata problemas nos serviços de banda larga
Próximos Pesquisa de qualidade da banda larga fixa limitada aos mercados competitivos