Reclamações sobre serviços de telecom caem quase 25% em 2021


Crédito: Freepik

O número de reclamações de usuários dos serviços de telecomunicações caiu 24,4% em 2021 na comparação com 2020, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Durante todo o ano de 2020 foram 2.949.334 queixas registradas, já em 2021 elas caíram para 2.228.391, uma redução de 720.943 queixas.

PUBLICIDADE

Em dezembro de 2021 o número de reclamações caiu 28,7% na comparação com dezembro de 2020, passando de 214.212 para 152.685, uma redução de 61.527 queixas. Dezembro foi o mês com o menor número de reclamações de todo o ano de 2021.

“O setor fechou o ano com essa expressiva marca: uma queda de mais de 20% no número de reclamações. Redução que vem seguindo a tendência registrada ao longo de 2021. Desde abril, registramos reduções acima de 20%. Resultado dos altos investimentos feitos pelas prestadoras”, afirmou o diretor executivo da Conexis Brasil Digital, Marcos Ferrari.

De janeiro a setembro de 2021, o setor investiu R$ 25,5 bilhões, um aumento de 4,8% em relação ao mesmo período de 2020.

As quedas, afirmou Ferrari, também refletem medidas como a Não Me Perturbe, que melhoraram a relação das prestadoras com os consumidores. A plataforma Não Me Perturbe permite o boqueio de ligações de telemarketing das empresas de telecomunicações e de oferta de crédito consignado.

Todos os principais serviços de telecomunicações apresentaram redução nas reclamações em 2021. A maior ocorreu na TV por assinatura, cujo índice caiu 43,7%, de 282.177 para 158.944. No serviço de internet banda larga fixa as reclamações caíram 26,7%, de 764.075 para 560.036, e na telefonia móvel as reclamações caíram 20,2% em 2021 em relação a 2020, passando de 1.403.272 para 1.119.511.

Dezembro

No mês de dezembro, todos os principais serviços de telecom também registraram queda. O número de reclamações relacionadas à TV por assinatura caiu 40,7%, sobre serviço de banda larga fixa as reclamações caíram 26,3% e as queixas relacionadas ao serviço de telefonia móvel caiu 22,8%. (Com assessoria de imprensa)

PUBLICIDADE
Anterior Ericsson tem lucro no 4º trimestre, apesar de encolher na China
Próximos STJ nega suspensão de multa aplicada a Oi por venda casada