Telecom Italia: receita cai, mas EBITDA aumenta no trimestre


shutterstock_Sergey Nivens_economia_internet_desempenho_balanco_deviceA Telecom Italia divulgou hoje, 26, o resultado da companhia no segundo trimestre. A dona da TIM Brasil registrou queda de 7,7% nas receitas em relação ao mesmo período de 2015, somando € 4,65 bilhões. O EBITDA orgânico, que exclui movimento atípicos como a venda de ativos,  cresceu 4%, para € 2,03 bilhões.

O grupo adotou para o mundo a mesma estratégia de redução de investimentos (CAPEX) vista no Brasil. O CAPEX global caiu 12%, para 1,04 bilhão. A companhia encerrou junho com dívida líquida ajustada de € 27,5 bilhões, ligeiramente maior que no primeiro trimestre.

Em 6 meses
O resultado do semestre encerrado em junho apresentou receita total de € 9,1 bilhões, menor 9,9% que na primeira metade de 2015. Em compensação, o EBITDA cresceu 2,3%, para € 3,7 bilhões. O lucro atribuível aos acionistas mais que dobrou. Foi de € 445 milhões em junho de 2015, para € 1,1 bilhão.

PUBLICIDADE

Com o resultado, a operação doméstica da companhia cresceu em importância nas receitas. A TIM da Itália hoje equivale a 79,7% do faturamento do grupo, enquanto os negócios no Brasil são 20,4%. Um ano atrás, a TIM Brasil equivalia a 26,6% das receitas do conglomerado. Outras unidades de negócio, como mídia e atacado internacional, também cresceram. Para o ano, a companhia reviu o guidance. Passou a estimar crescimento de um dígito, ante visão que terminaria 2016 com crescimento estável divulgada no primeiro trimestre.

Anterior Anatel esclarece que não interfere em eleição de controladores da Oi
Próximos Temer libera horário da Voz do Brasil durante Olimpíadas