Qualcomm descarta separar unidade de semicondutores


O conselho de administração da Qualcomm descartou dividir a companhia em duas neste semana. A empresa vinha estudando medidas de reestruturação após queda nos lucros. Mas chegou à conclusão de que a estrutura atual gera sinergias, que seriam perdidas em caso de uma transformação da unidade de semicondutores em uma companhia independente.

“A atual estrutura corporativa e financeira é a que melhor posiciona a Qualcomm para manter sua liderança e força de produtos”, diz a empresa, em comunicado. A decisão do conselho foi unânime. No ano, a companhia demitiu 4,5 mil pessoas em todo o mundo como parte de medidas para cortar US$ 1,4 bilhão em custos.

A empresa também afirmou que os resultados do último trimestre, que serão divulgados em janeiro, são positivos e mostram recuperação. Entre as sinergias, a empresa aponta que a divisão de semicondutores realiza pesquisas que logo resultam em produtos e que podem, também ser licenciadas pela divisão de patentes.

PUBLICIDADE

Também há retornos relevantes na estrutura de capital, o que fortalece o fluxo de caixa da companhia, facilitando o investimento. Há ganhos, ainda, quanto aos custos com pesquisa, pessoal, pagamento de impostos e na negociação com fabricantes de dispositivos e desenvolvedores de software.

Anterior Telecom Itália sofre derrota da Vivendi em assembleia de hoje
Próximos Ações da Oi sobem 9% após BTG manter seu mandato na operadora