Qualcomm anuncia para fevereiro entrega de chip na faixa de 450 MHz


A Qualcomm irá entregar em fevereiro de 2014, para a comercialização e integração dos fabricantes, o seu chip especialmente desenhado para  450 MHz. Esta data de início de comercialização dos chips foi anunciada hoje por Franciso Soares, diretor da Qualcomm,  no Futurecom.

No entender do executivo, apesar da conquista obtida pelas operadoras, fabricantes e governo brasileiro na obtenção da certificação do LTE nesta faixa junto ao 3GPP (forum que reúne a indústria de todo o mundo), ainda faltam algumas iniciativas para impulsionar a tecnologia: mais incentivos fiscais do governo ( lei aprovada prevê desoneração dos impostos na prestação do serviço rural) e melhor coordenação entre os países da América Latina para que a UIT adote esta como uma das frequências da banda larga móvel.

PUBLICIDADE

 

O diretor da UIT, Bruno Ramos, sente falta de maior união entre os países da América Latina para encontrar propostas comuns e defendê-las nas conferências da União Internacional das Telecomunicações. E conclamou os diferentes stakeholders a pensar em serviços que contribuam para ampliar o acesso de mais de um bilhão de pessoas que ainda não tem qualquer conexão.

 

O Brasil, ao adotar esta posição pioneira, avalia Mario Castillhos, diretor da CEPAL, pode liderar os países da América Latina a também adotar a 4G nesta frequência, visto que é o país com maior demanda. Já Geraldine González, chefa da divisão de Política Regulatória do Chile, assinalou que seu país estuda o uso da faixa de 450 MHz, mas seria necessário fazer uma nova canalização. De qualquer forma, esta questão só será tratada lá depois da conclusão do leilão da faixa de 700 MHz, cujo edital foi lançado este mês e as propostas serão entregues em janeiro de 2014.   

PUBLICIDADE
Anterior Diretor do Google critica modelo de negócio das teles para internet
Próximos Anatel vai licitar faixa de 3,5 GHz para pequenos provedores e prefeituras