PT confirma GSM na Vivo


A Portugal Telecom e a Telefónica decidiram que sua joint venture no Brasil, a Vivo, terá também uma plataforma GSM, além da CDMA, segundo noticiou hoje, 30, o o Jornal de Negócios, de Lisboa. A nova tecnologia deve estar implementada até dezembro. "A Vivo decidiu evoluir sua plataforma tecnológica, mantendo o CDMA, e terá o …

A Portugal Telecom e a Telefónica decidiram que sua joint venture no Brasil, a Vivo, terá também uma plataforma GSM, além da CDMA, segundo noticiou hoje, 30, o o Jornal de Negócios, de Lisboa. A nova tecnologia deve estar implementada até dezembro. "A Vivo decidiu evoluir sua plataforma tecnológica, mantendo o CDMA, e terá o GSM disponível antes do Natal" informou Henrique Granadeiro, presidente do Grupo PT, em encontro com jornalistas hoje de manhã.

O investimento na mudança da Vivo será feito ao longo de três anos. E a intenção da PT e da Telefónica é "migrar ambas as tecnologias para a terceira geração" adiantou Granadeiro. Na última semana, a Vivo começou a tomar preços para o fornecimento da infra-estrutura GSM, onde no qual manifestaram interesse as principais empresas mundiais de redes de telecomunicações, segundo o Jornal de Negócios.

Granadeiro não quis adiantar o valor do investimento na base GSM, cujo total foi estimado em 1,5 bilhão de euros, de acordo com cálculos da administração da Telefónica, acrescenta o jornal português.

PUBLICIDADE

(Da Redação)

Anterior Concessões de TVs educativas : o outro lado da história
Próximos Contax: sai Jereissati, assume Iabrudi.