PSafe vai investir US$ 20 mi nos EUA


marco-demello-psafe
Marco DeMello, CEO e fundador da PSafe

A desenvolvedor de aplicativos móveis de segurança PSafe pretende crescer nos Estados Unidos. Para isso, abriu escritório no país, onde vai investir US$ 20 milhões nos próximos 12 meses. A unidade ficará em São Francisco, e já tem 15 funcionários. O dinheiro será gasto com expansão da equipe, marketing e adaptação do aplicativo da empresa aos gostos e hábitos da população local.

A versão em inglês do PSafe Total já podia ser baixada nos EUA desde o começo do ano. Com o escritório, a empresa, que tem cinco anos, pretende acelerar o crescimento. “Apesar dos Estados Unidos serem um mercado com uma cultura mobile maior que a dos brasileiros, uma recente pesquisa que fizemos identificou que 60% dos usuários de smartphone Android no país ainda estão vulneráveis, pois não utilizam mecanismos de segurança em seus celulares. Isso significa que temos um enorme potencial a ser atingido no país”, diz Marco DeMello, CEO da PSafe.

Em outubro de 2015, a empresa montou escritório no segundo maior mercado de telecomunicações da América Latina: o México. A operação acrescentou mais de 3 milhões de usuários de maneira orgânica ao produto, apenas nos Estados Unidos, devido à grande influência latina no país. A PSafe afirma que seu app foi baixado mais de 100 milhões de vezes, e tem 21 milhões de usuários ativos mensais.

PUBLICIDADE
Anterior Navarro vai substituir Amos no comando da Telefônica
Próximos "Navarro será presidente de longo prazo da Vivo", afirma CFO a analistas