Produção física do setor eletroeletrônico despenca 21,8% em abril


A produção física do setor eletroeletrônico caiu 21,8% em abril em relação ao mesmo mês de 2014, segundo dados do IBGE reunidos pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee). Nos quatro primeiros meses do ano, o setor teve queda acumulada de 17,1%. Nos últimos 12 meses, a redução foi de 12,1% a igual período um ano antes.

Em abril de 2015, somente foi verificado aumento de produção de pilhas, baterias e acumuladores elétricos (+8,4%). Todos os demais segmentos, tanto da indústria eletrônica (-32,5%), como elétrica (-10,2%), apresentaram retração. No caso dos equipamentos eletrônicos, puxaram a produção para baixo os equipamentos de informática e periféricos (-42,2%) e os aparelhos de recepção, reprodução, gravação e amplificação de áudio e vídeo (-42,2%).

PUBLICIDADE

O setor de telecomunicações também se retraiu ante 2014. A fabricação de equipamentos de comunicação diminuiu 5,7%. No quadrimestre, caiu 2,5%. No acumulado dos 12 meses, porém, tem um resultado melhor, positivo em 1,4%. O item reúne tanto celulares, como infraestrutura.

Ipv6

Segundo a Abinee, a Anatel adiou esta semana (com decisão publicada no DOU de 1 de junho) para 1º de janeiro de 2016 a obrigatoriedade de os equipamentos de telefonia móvel adotarem o padrão IPV6 da internet. (Com assessoria de imprensa)

PUBLICIDADE
Anterior Mundo terá 7,7 bilhões de conexões de banda larga móvel em 2020
Próximos Transição da Icann pode demorar mais para ser aprovada